Roendo as unhas!

12 mar

Num desses loucos carnavais da vida levei um pisão no dedão do pé que me deixou com uma unha pra sempre problemática. Às vezes parecia que estava quase curada, às vezes parecia que estava dizendo adeus pois ia cair de vez. Essa semana, comentei que ela parecia melhor e que eu iria até mesmo arriscar uma ida à pedicure, coisa que não fiz desde que cheguei por temer alguma “barbeiragem” (isso mesmo, há três meses não faço a unha, cruzes!). Tamanho foi meu engano! A maldita unha não só não estava melhorando, como acordei na madrugada de sábado com uma dor lancinante no dedão. Acabava de ganhar a minha primeira unha encravada. Eba.

Mais do que a dor em si, a ideia de ter que deixar meu lindo dedão nas mãos de um chinês desconhecido me tirou o sono. Quando, enfim, adormeci, tive pesadelos com meu pé se transformando numa bola vermelha e cheia de pus. Esse é o problema de ser uma recém chegada em uma cidade no exterior: uma espinha, uma unha, uma dor de dente, tudo vira um drama. Qual médico procurar? Existe clínica aqui perto? Como funciona o plano de saúde? Não sei. Não sei. Não sei.

Nem preciso dizer que a novela acabou com o meu domingo, pois além de não conseguir pisar direito, ainda precisava decidir a estratégia de combate. Consegui uma indicação de pedicure – “a preferida das brasileiras em Cingapura” – mas achei que a situação pedia um profissional mais preparado. Segundo o google, nada de podólogos por aqui (fiz as pazes com ele, lembram?). Mas ele indicou uma clínica especializada em medicina esportiva que além de joelho, coluna, pé, calos, etc, tratava também de unha encravada. A foto na página oficial mostrava um chinês engomadinho com cara de empresário e não de médico, mas o site era muito bom e, na falta de um argumento melhor, escolhi o próprio.

Segunda-feira de manhã cedo cheguei ao consultório – maridão ali do lado, sempre – e fui atendida pelo próprio Dr. Yip, o tal chinês da foto que não só era médico mesmo, como era o único da clínica. Clínica?!

Ele deu aquela olhada e antes que eu pudesse perguntar “é grave, doutor?”, fez cara de que a coisa tava feia. Eu, sinceramente, achava que já tinha melhorando bastante desde a noite de sábado, mas o que poderia saber sobre unhas encravadas àquela altura, né…

Dr Yip prontamente abriu um power point com fotos nojentas de unhas em estados terrivelmente piores que o meu e disse sem meias palavras que eu precisava operar e tirar um pedaço da unha. And by surgery you mean…? E tome mais power point com todo o processo da operação excessivamente ilustrado pro meu gosto.

Deixei o consultório com um antibiótico na mão e uma promessa de “a gente se fala aí sobre a tal operação”. Mas na na verdade já estava pensando em aderir a uma medicina alternativa também conhecida como jeitinho brasileiro, afinal estamos falando de unha encravada. Curá-la deve ser mais fácil do que trazer a pessoa amada em três dias…

O fuso me permitiu pedir colo pra mamãe, que por sua vez já me deu dicas mais alegres do que entrar na faca. E ainda tive a sorte de encontrar no skype a amiga Carol, que não só já havia sofrido desse mal como seu pai médico havia receitado bacia de água quente com sal e vinagre quatro vezes ao dia. Abracei a terapia do tio Chico, comecei a tomar o antibiótico do Dr Yip e fiquei com o melhor dos dois mundos. Quando o doutor me ligou pra saber da cirurgia, avisei que estava dando preferência a uma alternativa less invasive por enquanto. Mas achei simpático da parte dele me ligar pra informar que a cirurgia custaria 4 mil dólares – “mas o plano cobre tudo”.

Se o tratamento com água quente vinagre e sal vai retroceder a inflamação, conto pra vocês depois. Por via das dúvidas, vou trocar o sal por sal grosso e incluir uma sessão de descarrego no processo.

Vou lá perguntar pro google como se fala arruda em inglês e volto com mais (boas, eu espero) notícias!

 

 

Anúncios

Uma resposta to “Roendo as unhas!”

  1. Marcia Mendel março 12, 2013 às 7:16 pm #

    Caraca, amiga, que historia, hein? Nunca pensei que uma unhazinha brasileira fosse tão cara,rsrs. Espero que melhore logo. bjos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: