100 dias sem ela (and counting…)!

18 abr

Quando a vida deu essa reviravolta louca, me afastou de casa, mas me aproximou de um desejo antigo e distante, quase inatingível: o home office.

Ahhhhhh… o home office. Trabalhar de casa (de pijama, claro!), administrar seu próprio tempo, não enfrentar o trânsito caótico de cada dia, não olhar pra cara daquele colega de trabalho que você não suporta ou, ainda melhor, do chefe. Um sonho, não é? Em tese, sim.

Demorei ainda um tempo pra sentir o gostinho do tal home office, até porque antes de ter um office eu precisava primeiro encontrar uma home. Assim, o primeiro mês de trabalho se deu em um frio quarto de hotel. Leia-se: tédio, tédio, tédio. Mas finalmente encontrado o nosso lar, doce lar, a vida profissional virou uma festa! Era como um escritório itinerante: da sala pra varanda, da varanda pra piscina, da piscina pro café da esquina. Como eu disse, em tese é tudo muito lindo.

Com o passar das semanas eu comecei a sacar a ineficiência do meu escritório. Percebi que um bom banho e uma bela xícara de café eram essenciais para um rendimento satisfatório pela manhã e bani de vez o pijama durante o expediente. Também tive que desativar algumas filiais como, por exemplo, a varanda. O cenário inspirador da cidade se espalhando lá embaixo era bom para os olhos, mas péssimo para a concentração. É impressionante como num ambiente externo você se caraaaamba, isso é um passarinho? Nossa, como ele voa alto, estamos no décimo sexto andar! Ops!

E foi assim que a mesa de jantar virou a minha maior aliada enquanto não encontro a escrivaninha perfeita. O sonho de trabalhar jogada no sofá é uma ilusão, acreditem. Aliás, o maldito é meu maior inimigo que só sabe induzir a um cochilo ou dar um torcicolo depois de uma tarde de trabalho. E quando a sala de casa começa a me engolir, me refugio em algum café aqui do bairro. São sempre os mesmíssimos lugares que eu revezo mais para os garçons não enjoarem da minha cara do que por vontade de variar.

A piscina foi aposentada depois de algumas poucas tentativas. Sol e computador não combinam, como eu já deveria imaginar, e ficar correndo atrás de sombra enche a paciência de qualquer um que esteja querendo se concentrar. E o lugar voltou a ser apenas um bom canto para pegar um sol, ler um livro, dar uma nadada. E só.

Mas nem tudo está perdido, pessoal!

Entendido que trabalhar de casa também precisa de rotina e organização, o tal home office pode ser, sim, um sonho! Liberdade, liberdade! E uma vida extremamente simples, como eu sempre quis.

Onde quer que eu vá, vou à pé, nem que para isso eu tenha que sair de casa com grande antecedência. Afinal, agora sou dona do meu tempo. Fujo das ruas barulhentas, escolho os caminhos tranquilos e arborizados. Também sou dona do meu espaço, e não das linhas de ônibus.

Roupa? Passo o dia de short e camiseta e os pés dificilmente vêem algo além de chinelos. Nem vou mencionar salto alto, pois sequer trouxe um na mala. Meu guarda-roupa aqui se espalha com folga em um armário de duas portas e uma única gaveta. Nunca mais usei calça. Outro dia fiz as contas: 100 dias sem ela. 100 dias. Parece besteira, mas pra mim é alegria extrema.

100 dias sem calça é muito mais do que apenas 100 dias sem calça.

Tinha grandes expectativas com a filial da varanda. Linda, quente e cheia de distrações... =/

Tinha grandes expectativas com a filial da varanda. Linda, quente e cheia de distrações… =/

Anúncios

6 Respostas to “100 dias sem ela (and counting…)!”

  1. Marcia Mendel abril 19, 2013 às 1:20 pm #

    Oi Cissa, nossa, entendo perfeitamente tudo o que vc esta contando e me identifico. Como eu trabalho em casa há um tempo já, no inicio também foi assim, igualzinho ao seu relato do sofá: ficava nele e quando via estava toda torta cochilando. Diferente foi o pijama, como eu acordo e vou malhar, passear com o pitoco, etc…um banhozinho sempre é bem vindo antes de adentrar no mundo cibernético. Aliás, esse é um dos pontos ruins do home office. Se a internet caiu, fudeu! A minha dependência dela é critica, estado gravíssimo…Sei que coisas desse tipo não devem acontecer em Cinga…Mas quanto ao resto é tudo otimo mesmo, quando tenho trabalho fora do meu escritório doce escritório, (agora com uma mesa e estantes dignas de escritório de verdade) sinto uma saudade dele…E quem diria que alguém sentiria saudade do trabalho…rsrs. E que maravilha a (falta) calça, hein , amiga?! Saudades de vcs! Ah, a vista da varanda é para tirar qualquer um do sério! bjos!

    • cissaferreira abril 20, 2013 às 4:27 am #

      Olha, amiga, a internet aqui nem é essa maravilha toda, não, mas nunca me deixou na mão. Mas também, se cair, todos os cafés aqui perto tem wifi, então nem seria o maior dos problemas…

  2. Bianca Farah abril 19, 2013 às 4:37 pm #

    Nossaaaaaaa… lembrei tanto de quando trabalhava de casa!!! Acho que é exatamente isso que vocês falaram… Mas o que eu mais amava mesmo era o cochilo de 30 min após o almoço!!! Hummmmmm Que delícia!!! Além disso, como o tempo rendia! Sem ter que se locomover de São Conrado para o Centro ganha umas 3h por dia!! Mas que eu sempre senti falta dos almoços e dos cafés com os amigos… sim! Eles faziam muita falta!!!
    Como sempre… saudades dessa amiga tão amada!!! Beijocas

    • cissaferreira abril 20, 2013 às 4:25 am #

      É verdade, o coffe break e o almoço fazem muita falta. Mas aqui pelo menos eu consigo ir almoçar com o André, o que é ótimo!!! ❤

  3. Marcia Mendel abril 21, 2013 às 2:21 pm #

    é, eu sinto falta de uma conversa ao vivo tbm…Nos cafés aqui do leblon ate que o wi-fi funciona bem, mas uma vez precisei usar no centro e foi a pior coisa do mundo, em nenhum dos três que fui funcionava direito, uma lerdeza só, acabei numa lan house minúscula no Menezes Cortes, que fazia um calor dos infernos e tendo que pagar 17 pila por uma hora de internet….Ah o desenvolvimento….

  4. Carolina Lauriano abril 27, 2013 às 3:58 am #

    muito bom, muito bom! ótimo texto. já tive home office e foi demais! tem prós e contras como tudo na vida, mas é muito legal!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: